Blogger templates

Home » » Quem é o Deus a quem oramos?

Quem é o Deus a quem oramos?

Written By Leuh Káiros on quarta-feira, 24 de setembro de 2008 | 09:44


Em nossos dias, a oração é um assunto muito explorado e muitas vezes é mal interpretado produzindo muitos males para a vida pessoal, familiar e, conseqüentemente, eclesiástica. Podemos assim dizer que algumas pessoas têm uma visão distorcida concernente a oração por que têm visão distorcida a respeito de Deus.

Quem já não ouviu a seguinte expressão: “Eu determino, eu ordeno, e Deus vai fazer”. Refletirmos sobre isso no estudo e concluímos que o quanto isso é prejudicial para a vida cristã. Parece que estas expressões revelam exatamente quem é Deus para estes. Mas há vários conceitos de Deus por aí: para alguns Deus Se parece com um grande “Administrador de empresas”, que vai distribuindo tarefas, responsabilidades e recompensas (salário); para outros Deus se parece com o velhinho chamado “Papai Noel”, que vai recompensando quem se comportou bem durante o ano; e ainda para outros Ele se parece com “Deus Gênio da Lâmpada Maravilhosa”, que está pronto a realizar três pedidos, na hora exata que esfregamos a lâmpada, ou melhor, quando fazemos nossas orações. Será mera coincidência aquilo que ouvimos nas orações? Ou realmente temos uma visão distorcida de Deus e da oração?

Quero concluir estas minhas palavras sobre este importante assunto da fé cristã que é a oração exortando a todos de que precisamos tomar consciência das seguintes verdades:

Nossa necessidade - não somos auto-suficientes, precisamos de Deus;

Deus é o nosso Pai - isso requer obediência e submissão à Sua boa, perfeita e agradável vontade;

Deus nunca erra - isso requer satisfação e contentamento;

Qual é a vontade Deus - isso requer conhecimento da Sua Palavra;

Oração requer fé (Hb11:1-6) – uma coisa é conhecer a vontade de Deus, outra é nos humilharmos diante dEle e expressarmos nossa confiança;

O amor a Deus são a base da nossa motivação a oração.




Texto para nossa meditação:  “E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa. Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará. E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem. Vocês, orem assim: “Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair ema tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém. ( Mateus 6,5-13 NVI)

Por Luciclaúdio Rabelo Cabral


5 comentários:

Spoiler Untuk lihat komentar yang masuk:
Buuh disse...

profundoo!
Leuh fiz meu blog novamente!
BeijOs irmão

Prolixo Lacônico disse...

Muito profundo mesmo...
faz a gente pensar um pouco sobre a nossa fé...

quando puder..
http://prolixolaconico.blogspot.com/

figurinhascomholograma disse...

profundoo! [2]
=x

bjos

PequenAprendiz disse...

Eu acredito que a oração, não essa decorada e falada da boca pra fora, é um contato íntimo com o poder, com o Eu sou, com Deus, com Aquele que acreditamos ter criado tudo isso, e podemos estar em qualquer ambiente para fazermos isso.

Nério Júnior disse...

Visite o blog do meu amigo que acabou de se converter e da uma força pra ele comentando no testemunho!
Obrigado!

http://expertromulo.blogspot.com


 
Copyright © 2011. Kairo's Blog . All Rights Reserved.
Company Info | Contact Us | Privacy policy | Term of use | Widget | Advertise with Us | Site map
Template modify by Creating Website